Orteses de coluna

As órteses são instrumentos externos que aplicam forças ao corpo com a função de limitar e estabilizar regiões da coluna.

Elas podem ser utilizadas para auxiliar e melhorar determinados movimentos, prevenir e proteger áreas suscetíveis a fraturas, corrigir e alinhar deformidades.

Entre as doenças passíveis de serem tratadas com órteses citam-se:
A) Fraturas e lesões ligamentares pós-traumáticas;
B) Instabilidades adquiridas da coluna cervical, como em alguns casos de artrite reumatóide, por exemplo;
C) Deformidades em crianças, sendo a escoliose aquela na qual a órtese é mais comumente utilizada;
D) Falhas musculares pós-operatórias, quando o risco de uma reoperação suplanta o seu benefício.
E) O conhecimento de anatomia, biomecânica, cinesiologia e das indicações (efeitos positivos) e limitações (efeitos negativos) são fundamentais para o profissional que as prescreve.

O especialista em patologias da coluna vertebral possui adequado entendimento da doença a ser tratada e dos objetivos a serem alcançados, devendo sempre ser consultado!